top of page
  • Foto do escritorAscom

Bujari investe na formação de conselheiros tutelares e rede de proteção à criança e ao adolescente




O município de Bujari, no Acre, está investindo na formação de conselheiros tutelares e rede de proteção à criança e ao adolescente. A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Cidadania e Assistência Social, está realizando um curso de formação e capacitação para os novos conselheiros tutelares e toda a rede de proteção do município.


O curso teve início na terça-feira (16) e segue até a quarta-feira (17). As aulas são ministradas por Jota Conceição, palestrante e consultor em direitos humanos, e abordam temas como:


  • Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA);

  • Sistema de Garantia de Direitos (SGD);

  • Violência contra crianças e adolescentes;

  • Abuso e exploração sexual;

  • Trabalho infantil;

  • Abordagem social;

  • Escuta especializada;

  • Medidas protetivas;

A formação é uma determinação da Lei federal nº 8.069/1990, que institui o ECA. O objetivo é qualificar e aprimorar os profissionais que atuam na proteção dos direitos de crianças e adolescentes.


O prefeito em exercício de Bujari, Francisco Bessa, destacou a importância da formação para a garantia dos direitos da criança e do adolescente. "É fundamental que os profissionais que atuam nessa área estejam capacitados para identificar e atender às necessidades das crianças e adolescentes em situação de risco", disse.


A secretária de Cidadania e Assistência Social de Bujari, Maria Rocilda, também ressaltou a importância da formação. "O curso é uma oportunidade para os profissionais aprenderem sobre os direitos da criança e do adolescente e as melhores práticas para a sua proteção", afirmou.


A formação está sendo realizada na sede do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Bujari, com a participação do Prefeito em exercício, Francisco Bessa (vice-prefeito), palestrante e Consultor em Direitos Humanos, Jota Conceição, Comandante da PM/Bujari, Tenente Richard, representantes do Ministério Público, Angelina Batalha e Rafael Padrão, e dos Conselheiros Tutelares Geraldo e Cleia Mariano.


Galeria de Fotos


0 comentário

Comments


bottom of page