• Ascom

Prefeitura realiza capacitação de docentes e servidores de apoio em primeiros socorros

A Prefeitura de Bujari por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e a Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com o Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), realizou nesta quinta-feira (20) no auditório da igreja São João Batista, a capacitação de gestores, mediadores e professores de educação infantil da rede municipal de ensino bujariense.


A Lei Federal nº 13.722 de 4 de outubro de 2018, foi instituída no Brasil para garantir assistência aos alunos de escolas públicas e privadas com atendimento de primeiros socorros em caso de emergência.


A Prefeitura de Bujari cumpre a legislação à risca e, por meio de uma parceria com o Estado, capacita todos os profissionais da Educação Municipal para este tipo de ocorrência. A lei torna obrigatório a capacitação em noções básica de primeiros socorros de professores e funcionários de estabelecimento de ensino público e privados de educação básicas e de recreação infantil.


O João Edvaldo Teles (Padeiro) frisou que o treinamento de hoje, visa dar segurança aos pais e responsáveis das crianças e também cumprir a lei federal. “Agradeço ao Governo do Estado/Sesacre, que está nos ajudando com um treinamento importante para os nossos servidores da educação. Esta parceria permite preparar as pessoas que atuam dentro de nossas escolas para salvar vidas. Pais, podem ficar tranquilos que estamos fazendo muito para cuidar de seus filhos”, explicou.


Com o curso a Secretaria Municipal de Educação espera salvar vidas ao passo que cumpre a lei, caso alguma ocorrência desse tipo na rede municipal. “Começamos a capacitação de nossos docentes e servidores de apoio e estamos muito felizes em criar um ambiente mais seguro para toda a comunidade escolar”, declarou Maria Odete.


O curso “Lei Lucas: o que todos precisam saber” é abrangente. Os instrutores tratam de situações diversas onde o primeiro socorro pode ser essencial. “Neste vurso o instrutor trabalhou questões como parada cardiorrespiratória, ressuscitação cardiopulmonar e o engasgo. Também será abordado hemorragias, fraturas, traumatismo craniano e até AVC. Além disso, abordagens sobre ocorrências com animais peçonhentos comuns, principalmente em escolas da zona rural serão realizadas também”, explica o enfermeiro e instrutor de primeiros socorros, Ramon Eleamen da Sesacre.


Galeria de Fotos


0 comentário